NO AR
Gerais

A UEPB vem sofrendo sucessivos ataques! Professores expõem crise na instituição durante entrevista na cidade de Patos

19/04/2017 às 15:04

O professor Adriano Homero, diretor da Universidade Estadual da Paraíba, Campus VII, em Patos, (UEPB/Patos), e o seu vice-diretor, professor Odilon Avelino, foram os entrevistados no programa Polêmica, levado ao ar pela Rádio Espinharas FM/AM das 18 às 19horas. O programa especial sobre a UEPB aconteceu na noite desta terça-feira, dia 18, para discutir a grave crise enfrentada pela instituição de ensino superior após os sucessivos cortes orçamentários promovidos pelo Governo do Estado da Paraíba.

“...estamos trazendo para a sociedade aquilo que já um fato consumado, já um fato constatado. A UEPB vem sofrendo, historicamente, sucessivos ataques a sua autonomia, autonomia essa que é garantida com dispositivo constitucional. Além disso ela vem sofrendo em sucessivos governos e em sucessivos anos, cortes significativos do seu orçamento que tem, na prática, inviabilizado algumas atividades. Nesse momento, a gente chegou num momento crucial. Digo que a gente vive uma verdadeira via crusis...essa via crusis começa precisamente no ano de 2010, último ano do mandato de José Maranhão no qual ele, a última parcela do duodécimo não foi repassada para UEPB...depois vem Ricardo Coutinho e faz um cálculo da estimativa da UEPB baseado em 11 parcelas e não em 12...não é só uma questão de redução orçamentária, é um ataque frontal, de um desrespeito do Governo do Estado a uma lei que o próprio Governo aprovou. A Lei da Autonomia da UEPB vem sendo desrespeitada...”, alerta professor Adriano Homero.

Os professores mostraram dados do próprio Governo do Estado da Paraíba que tornam claros os cortes drásticos ano a ano nos recursos da UEPB. Os cortes são tão gritantes que colocam em risco o funcionamento adequado da instituição. Demissão de funcionários, redução de pesquisas, corte de bolsas, precariedade da infraestrutura e outros fatores que estão precarizando a universidade.

O professor Odilon Avelino destacou a importância da UEPB para o povo e a juventude, principalmente os filhos da classe trabalhadora do Estado. “Se a sociedade não começar a enxergar isso, podemos ter sérios problemas na frente. Se um Campus desse fechar, o prejuízo é enorme. É muito grande a importância! Estamos defendendo um patrimônio público que tem história”, relatou.

Houve participação de ouvintes que expressaram a preocupação diante dos cortes orçamentários. O professor Odilon comentou que um empresário doou um terreno na cidade de Patos para a construção do prédio próprio da UEPB, no entanto, por falta de recursos, o terreno está abandonado sem nada ser construído.

 

 

 

Por Jozivan Antero – Patosonline.com

 

Comentários

Mais da Rádio Espinharas

Gerais

Vereadora solicita realização de Audiência Pública para debater a violência doméstica em Patos

A Câmara Municipal de Patos, Casa Juvenal Lúcio de Sousa, irá realizar no dia 1° de setembro, às 19h, uma Aud...

Gerais

Patos Moto Fest faz sucesso em mais uma edição! Veja fotos!

Os organizadores do Patos Moto Fest 2017 estão comemorando mais um ano de sucesso do evento que reúne motociclistas de diversa...

Gerais

Secretaria de Educação do Município de Patos proíbe professores e funcionários de se alimentarem com merenda escolar e fato revolta SINFEMP

Através de ofício circular número 004/2017, a Secretaria de Educação do Município de Patos, pela s...

© 2011 - 2017. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: