NO AR
Evangelização

Papa: aceitar as humilhações para assemelhar a Jesus

05/12/2017 às 08:12

Cidade do Vaticano (RV) – Depois de sua viagem a Mianmar e Bangladesh, o Papa Francisco retomou nesta terça-feira (05/12) a celebração da missa na capela da Casa Santa Marta.

A humildade é um dom indispensável na vida de um cristão: foi o que disse o Papa na sua homilia. Inspirado por uma passagem do profeta Isaías, Francisco recordou que todo cristão é como “um pequeno broto onde se  pousará o espírito do Senhor, espírito de sabedoria e de inteligência, espírito de conselho e fortaleza, espírito de conhecimento e temor do Senhor”. “Esses são os dons do Espírito Santo. Da pequenez do broto à plenitude do Espírito. Esta é a promessa, este é o Reino de Deus”. Esta é “a vida do cristão”, recomendou o Papa:

Ser consciente que cada um de nós é um broto daquela raiz que deve crescer, crescer com a força do Espírito Santo, até a plenitude do Espírito Santo em nós. E qual seria a tarefa do cristão? Simplesmente proteger o broto que cresce em nós, proteger o crescimento, proteger o Espírito.

E, qual é o estilo de vida cristão? “Um estilo como o de Jesus, de humildade”, explicou Francisco:

“É preciso fé e humildade para acreditar que este broto, este dom assim tão pequeno chegará à plenitude dos dons do Espírito Santo. É preciso humildade para acreditar que o Pai, Senhor do Céu e da Terra, como diz o Evangelho de hoje, escondeu essas coisas aos sábios, aos doutos e as revelou aos pequeninos. Humildade é ser pequeno, como o broto, pequeno que cresce todos os dias, pequeno que necessita do Espírito Santo para poder ir avante, rumo à plenitude da própria vida”.

“Alguém acredita que ser humilde - observou o Papa - é ser educado, cortês, fechar os olhos em oração ...”. “Não, ser humilde não é isso”. Então, “como posso saber se sou humilde?”, perguntou Francisco:

“Há um sinal, um sinal, o único: aceitar as humilhações. A humildade sem humilhações não é humildade. Humilde é aquele homem, aquela mulher que é capaz de suportar as humilhações como Jesus as suportou, o humilhado, o grande humilhado”.

Francisco recordou o exemplo de tantos santos “que não só aceitaram as humilhações, mas as solicitaram para se assemelharem a Jesus”. Que o Senhor - concluiu sua homilia o Papa - nos conceda essa graça de proteger o pequeno em direção da plenitude do Espírito, de não esquecer a raiz e aceitar as humilhações”. (SP-BF)

 

Da Rádio Vaticano

 

Comentários

Mais da Rádio Espinharas

Evangelização

Grupo de oração realiza show católico no dia 14 de novembro

O grupo de oração Divino Salvador, estará realizando dia 14 de novembro, no largo da  igreja de Nossa Senhora de F...

Evangelização

Paróquia Nossa Senhora das Neves, Conjunto Bivar Olinto, se prepara para ordenação de um novo padre

A Paróquia Nossa Senhora das Neves, situada no Bairro Bivar Olinto, sediará uma Ordenação Sacerdotal na pr&oacut...

Evangelização

Padre Fabricio celebrará Missa da renovação da Aliança quinta no Santuário Mãe Rainha

Nesta quinta-feira (18), às 19 horas acontecerá no Santuário Mãe Rainha em Patos, a Missa da renovaç&atil...

© 2011 - 2018. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: