NO AR
Evangelização

Diocese de Patos celebra Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa

16/06/2018 às 13:06

A Pastoral da Pessoa Idosa (PPI) da Diocese de Patos celebrou, nesta sexta-feira, 15 de junho, o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa com várias atividades.

A PPI promoveu panfletagem nas escolas e instituições, palestras com psicólogos, divulgação da palavra do bispo Dom Eraldo Bispo da Silva, programas de rádio, celebrações e visita às pessoas idosas.

O bispo Dom Eraldo destacou o mercado capitalista como uma das principais formas de violência contra a pessoa idosa. "Primeiro quero lembrar que nós vivemos numa sociedade consumista, utilitarista, é uma sociedade do sistema capitalista, uma sociedade de produção. Os meios de produção são importantes, não em si mesmos. Mas eles são importantes enquanto produzem, enquanto geram riquezas e lucros. Esta lógica do mercado capitalista gera problemas seríssimos para a vida humana. Por exemplo, a pessoa idosa que não produz mais do ponto de vista técnico, do ponto de vista econômico, do ponto de vista do mercado de trabalho. Eu diria então, que a pessoa humana sofre violência porque ela não produz, então ela é considerada como um peso para o desenvolvimento da sociedade. Primeira e grande violência esta forma de excludente", concluiu o bispo dom Eraldo.

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, 15 de junho, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS), visa sensibilizar a sociedade em prol do combate à violência contra idosos e a disseminação do entendimento da violência como violação aos direitos humanos. O objetivo é garantir o envelhecimento de forma saudável, tranquila e com dignidade.

No Brasil, a população passa por uma profunda mudança em suas características demográficas, principalmente com o crescimento expressivo das pessoas com mais de 60 anos - em especial do subgrupo de mais de 80 anos. Existem quase 20 milhões de pessoas idosas no país. Isso representa 11% da população, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Projeções mostram que em 2050 haverá duas vezes mais idosos do que crianças no Brasil.

 

 

Por Airton Alves - Patos Verdade

 

Mais mídias

Comentários

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: