NO AR
Justiça

Promotor Alberto Cartaxo fala sobre reunião com prefeito de Patos, para tratar de cargos e vagas não disponibilizadas no edital do concurso. Escute

01/08/2018 às 22:08

O promotor de justiça de Patos, Alberto Cartaxo, falou a imprensa na manhã desta quarta-feira (01), e na oportunidade explicou o que foi tratado durante a reunião que teve com o prefeito de Patos Dinaldo Wanderley Filho (PSDB), tendo em vista a recomendação do Ministério Público que previa a adequação das vagas e cargos do concurso público, ao que realmente o município necessitaria no tocante a essa questão.

Cartaxo disse que o prefeito mostrou que o município teve a necessidade de algumas contratações para preencher cargos temporários, a exemplo de alguns programas federais. E portanto, não existe a necessidade de contratação de efetivos para estes cargos.

Além disso, o promotor comentou que existe a necessidade de outros cargos, onde a prefeitura fez a demissão imediata dos contratados temporários, e que o prefeito manifestou a iniciativa de realizar novo concurso público no próximo ano, com o intuito de inserir tais cargos.

Uma terceira situação discutida foi a existência de alguns cargos que ainda não possuem lei própria que oficialize-os como efetivos, em razão das restrições relacionadas à lei de responsabilidade fiscal.

Ele citou ainda que a criação de novos cargos por meio de lei, só poderá ocorrer quando o município regularizar a situação de Lei de Responsabilidade Fiscal.

Ouça mais detalhes na entrevista que segue:


Matéria por Patosonline.com

Áudio: Higo de Figueirêdo - Rádio Espinharas

 

Áudio Dr. Alberto Cartaxo (reunião sobre concurso da PMP)

Comentários

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: