NO AR
Política

Bancada da PB custou R$ 24,2 mi ao erário em quatro anos

14/01/2019 às 09:01

Vinte e quatro milhões, duzentos e trinta e nove mil, quinhentos e sete reais e setenta centavos. Esse foi o montante gasto com o chamado cotão (ressarcimento de despesas) da bancada federal paraibana no Congresso Nacional, nos últimos quatro anos. Estão incluídas despesas como aluguel de imóveis para escritório político, aquisição de material de consumo, hospedagem, alimentação, passagens, combustíveis, divulgação, entre outros.

O levantamento feito pelo Portal Correio tomou por base as informações disponibilizadas pelos sites da Câmara dos Deputados e Senado Federal.

De acordo com o levantamento, entre os anos de 2015 e 2018 os três senadores paraibanos – Cássio Cunha Lima, José Maranhão e Raimundo Lira – apresentaram despesas que ultrapassaram os R$ 3 milhões. Já a bancada de deputados federais foi responsável por gastos superiores a 21 milhões.

Os valores pagos a título de ressarcimento não incluem o salário dos parlamentares. Em 2018, por exemplo, o subsídio pago a um senador chegou a R$ 33.763,00. O mesmo valor é pago a cada deputado federal.

Mais ‘privilégios’

Além da remuneração e do ‘cotão’, os deputados federais têm direito a uma verba de R$ 106 mil para a contratação de pessoal. Os funcionários podem atuar nos gabinetes ou em escritórios de representação no estado de origem do parlamentar.

Auxílio-moradia de R$ 4,2 mil

Outro benefício é o auxílio-moradia, atualmente definido em R$ 4.253. O auxílio é concedido para parlamentares que não moram em residências funcionais na Capital federal.

Despesas médicas podem ser reembolsadas

Os valores gastos com saúde pelos deputados também integram as despesas que podem ser ressarcidas. É que os parlamentares possuem atendimento no Departamento Médico da Câmara e podem pedir reembolso para despesas médico-hospitalares realizadas foram do departamento.

Deputados em exercício do mandato e seus familiares que podem ser incluídos como dependentes no Imposto de Renda têm direito de utilizar o departamento.

Ajuda de custo para mudança

Como se não bastassem tantas regalias, os deputados ainda têm uma cota para a gráfica, ajuda de custo (destinada a despesas com mudança no início e fim do mandato) e aposentadoria.

 

Por Alexandre Freire - Portalcorreio

Comentários

Mais da Rádio Espinharas

Política

Por unanimidade, pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba mantém afastamento do prefeito Dinaldinho Wanderley

Através do Diário da Justiça, publicado na última terça-feira, dia 29 de janeiro de 2019, o pleno do Trib...

Política

Prefeito Bonifácio Rocha se reúne com concursados vigilantes e diz que dará atenção ao preenchimento de vagas. Escute

O prefeito interino da cidade de Patos, Bonifácio Rocha (PPS), falou brevemente à imprensa local na manhã desta quarta-...

Política

Médico Dr. Eliseu de Melo Neto nega planos para concorrer a prefeito em Patos mas diz que ideias mudam a todo instante. Escute

O médico Urologista e Cirurgião Geral, Dr. Eliseu José de Melo Neto, concedeu entrevista recente &a...

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: