NO AR
Polícia

Caso vai para delegacia após homem agredir e ameaçar equipe do SAMU e da Polícia Militar, em Patos

14/04/2019 às 21:04

O telefone 192 do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado por guarnições do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM). Do outro lado da linha, o policial pediu que uma ambulância fosse enviada para socorrer uma vítima de agressão que estava com ferimento na boca após vias de fato ocorrido na Rua Francisco Brandão, Jardim Queiroz, em Patos. O caso aconteceu na noite deste domingo, dia 14, por volta das 19h00.

A guarnição do 3º BPM estava no aguardo da equipe, pois um homem identificado como sendo Joseilton Vieira Feitosa, 35 anos, que reside no Bairro São Sebastião, porém, bebia com amigos no Jardim Lacerda, foi agredido com um soco na boca e sangrava. O agressor havia se evadido e a polícia estava preocupada com o estado de saúde da vítima.

A equipe do SAMU chegou ao local e começou os procedimentos para os devidos cuidados ao ferido. Bastante alterado, Joseilton dizia que não queria o atendimento e começou a proferir palavras de baixo calão primeiro contra a polícia e logo em seguida aos socorristas. A vítima que se tornou agressora ainda chegou a deitar na maca para ter o ferimento tratado e os policiais tentaram acalmar os ânimos do paciente, porém, as agressões verbais só aumentaram ao ponto de existir ameaças de morte. Neste instante, a guarnição decidiu agir e algemar Joseilton que ainda tentou resistir, no entanto, foi contido.

Policiais Militares, equipes do SAMU e o agressor, que antes era a vítima, se deslocaram até a Delegacia de Polícia Civil para o devido Boletim de Ocorrência cabível ao fato. O delegado Dr. Ronis Feitosa atendeu a ocorrência e Joseilton ficou na carceragem da delegacia até que se acalmasse. Os Policiais Militares e os socorristas registraram a queixa para as medidas cabíveis ao caso.

 

 

Por Jozivan Antero – Patosonline.com

 

Comentários

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: