NO AR
Política

Juíza do Trabalho determina pagamento da última parcela do salário dos trabalhadores da Maternidade e do Hospital Regional de Patos

04/07/2019 às 08:07

Obedecendo determinação judicial da Dra. Francisca Poliana Aristóteles Rocha de Sá, juíza do Trabalho do Fórum Bivar Olyntho, em Patos, a Caixa Econômica Federal já está realizando o pagamento da última parcela dos salários e demais direitos dos trabalhadores da Maternidade Dr. Peregrino Filho, do Hospital Regional de Patos e do Hospital Geral de Taperoá.

Os pagamentos são referentes aos salários não pagos do mês de fevereiro de 2019, quando os órgãos de saúde do Estado da Paraíba estavam sendo administrados de forma terceirizada pela Organização Social Instituto GERIR. A empresa enfrentou bloqueios judiciais nas contas para que fossem garantidos todos os direitos dos trabalhadores. O Governo do Estado da Paraíba repassou, por decisão judicial, os recursos para a Justiça do Trabalho para garantir os salários e demais direitos dos trabalhadores prejudicados.

A 1ª parcela dos salários atrasados foi realizada no mês de junho e agora em julho se encerram as atividades relativas ao processo que garantiu o pagamento dos trabalhadores. São mais de 1.000 pessoas que aguardavam o desfecho das ações judiciais relativas aos bloqueios para pagamento dos salários.

A juíza Dra. Francisca Poliana Aristóteles Rocha de Sá fez participação por telefone na noite desta quarta-feira, dia 03, no Programa Polêmica, levado ao ar pela Rádio Espinharas, e esclareceu o trâmite jurídico para pagamento dos salários. A juíza disse que os depósitos nas contas dos trabalhadores começaram a serem feitos nesta segunda-feira, dia 01, e devem se estender até o final de semana. Dois funcionários da Caixa Econômica Federal, agência no Guedes Shopping, estão realizando os trabalhos relativos ao caso.

 

 

Por Jozivan Antero – Patosonline.com

 

Comentários

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: