NO AR
Política

Sessão tumultuada e suspensa após bate-boca se torna discussão na sociedade sobre a Câmara Municipal de Patos – Veja vídeo!

04/09/2019 às 19:09

A sessão ordinária desta terça-feira, dia 03, na Câmara Municipal de Patos, Casa Juvenal Lúcio de Sousa, se tornou um dos assuntos mais comentados desta quarta-feira (04) após a circulação do vídeo mostrando o tumulto, bate-boca entre vereadores e até depredação do patrimônio público durante discussão de projeto.

Os vereadores apreciavam o pedido de remanejamento orçamentário solicitado pelo vereador Sales Júnior (PRB) quando de sua rápida passagem como prefeito interino de Patos. Sales solicitou o remanejamento orçamentário com data retroativa a janeiro de 2019, porém, enfrentou resistência diante de análises jurídicas e políticas divergentes.

O projeto de lei estava em poder da presidente da Câmara Municipal de Patos há quase 45 dias, mas foi entregue para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) analisar e encaminhar para votação, porém, o vereador Ederlan Oliveira, o Góia, havia feito uma emenda ao projeto para que ele não tivesse retroatividade.

Na noite desta terça-feira, o projeto foi retirado de pauta e causou discussão acalorada entre alguns vereadores, entre estes Lucinha Peixoto (PCdoB), Nadirgerlane Rodrigues (MDB), Góia (PV) e a presidente Tide Eduardo (MDB) pediu respeito diante da celeuma que saiu do controle após protestos de Lucinha, que chegou a danificar o microfone da Casa Juvenal Lúcio de Sousa. A presidente decidiu suspender a sessão e logo após cancelou.

As cenas lamentáveis do parlamento mirim viralizaram nas redes sociais e a maioria dos comentários era de lamentações pelo nível da discussão diante de uma cidade com problemas gritantes na administração pública e por estar com mais um prefeito interino, também vereador Ivanes Lacerda.


Jozivan Antero – Patosonline.com

Comentários

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: