NO AR
Gerais

Fiéis recordam a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém

29/07/2010 às 01:07

Dezenas de paroquianos celebraram na manhã de ontem (28), na Catedral de Nossa Senhora da Guia, o rito de uma das procissões mais antigas e importantes do ano, que é a procissão de Ramos.

A celebração teve início com o ritual de benção dos Ramos na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, primeira igreja da cidade. Em seguida, com ramos de palmeiras os devotos saíram em procissão entoando cânticos e preces até a Catedral de Nossa Senhora da Guia, onde foi celebrada a Santa Missa.

A Celebração Eucarística foi presidida pelo o Bispo Diocesano, Dom Manuel dos Reis e concelebrada pelo pároco, Padre Espedito Caetano da Silva, e o diácono permanente, João Batista. Na Homilia, Dom Manuel ressaltou a importância da data e dirigiu a sua mensagem de fé para os católicos.

Ainda em sua explanação o Pastor, falou sobre a ação do Ministério Público Federal que pede a retirada de símbolos religiosos, como crucifixos e bíblias, de repartições públicas e federais, sobre o argumento de que ofendem a liberdade de crença. “Anda transitando lá em Brasília uma lei que manda que sejam retirados os crucifixos das repartições, sobre o argumento que ferem os direitos humanos. Mas o que eles não sabem é que o que ferem o ser humano é a corrupção feita por eles mesmos e a péssima educação e saúde que temos no nosso País”, disse o Reverendíssimo e completou com base nestas palavras de Jesus. “Digo-vos que, se estes se calarem, as pedras clamarão (Lc 19.40)”. 

 

Lusângela Azevêdo - Pascom da Catedral

Comentários

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: