NO AR
Gerais

Sindicalista diz que paralisação desta quarta (9) é uma advertência contra as medidas do prefeito Ivanes. Ouça

09/10/2019 às 06:10

O vice presidente do SINFEMP, sindicalista José Goncalves, falou a imprensa local nesta terça-feira (8), e na oportunidade disse que o sindicato vai cumprir a deliberação da assembleia geral da última sexta-feira, dia 4 de outubro, com a paralisação que acontecerá nesta quarta (9).

Ele detalhou que trata-se de uma advertência contra as medidas “perversas” praticadas pelo prefeito interino de Patos, Ivanis Lacerda, que segundo afirmou, adotou o corte de gratificações dos efetivos, e ainda reduziu o adicional noturno de 25% para 20%, dentre outras medidas impopulares contra os servidores municipais.

Gonçalves ainda citou que os professores e demais profissionais do magistério, como também o pessoal de apoio ainda não receberam os salários.

“Diante de tudo isso nós estaremos paralisando nossas atividades amanhã, com concentração às 8 horas da manhã na frente do SINFEMP, na praça Edivaldo Mota. Em seguida sairemos em caminhada com realização de ato público na frente da Prefeitura Municipal de Patos. Então queremos aqui convidar e convocar todos os servidores para comparecerem ao ato público”, comentou.

Ainda como questionamento às medidas do prefeito interino, está marcada a greve geral dos servidores municipais de Patos para o dia 14.

O sindicalista também explicou que ontem o sindicato reafirmou a necessidade de uma nova audiência com a gestão municipal para discutir a possibilidade de um acordo ou manter a decisão da greve.

Ouça mais detalhes na entrevista que segue.


Matéria por Patosonline.com

Áudio – Adilton Dias

 

Comentários

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: